Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Moro aponta ‘loteamento político’ do Centrão no governo

‘Segurança pública não pode parar’, alerta Moro
COMPARTILHE

“O que tem sido noticiado pelos jornais nos últimos meses é um progressivo loteamento político de diversos cargos”, diz Moro.

O ex-ministro da Justiça, Sérgio Moro, rebateu, nesta segunda-feira (3), as declarações do presidente da República, Jair Bolsonaro

Em mensagem nas redes sociais, Bolsonaro disse que, depois de sua saída do Ministério da Justiça, “como por um passe de mágica, várias e diversificadas operações foram executadas”.

Em entrevista ao jornal Estadão, Moro disse que a PEC da segunda instância é mais efetiva que a “multiplicação de operações policiais de buscas e apreensão”:

“Tenho que dizer que não houve um grande apoio do presidente para a maioria dessas iniciativas do ministério, mas penso que há tempo considerável para que o governo retome algumas dessas bandeiras, como a aprovação da PEC da segunda instância, o que é muito mais efetivo do que a multiplicação de operações policiais de buscas e apreensão.”

Moro também lembrou o que chamou de ” distância entre o discurso e a prática” do governo Bolsonaro:

“O que tem sido noticiado pelos jornais nos últimos meses é um progressivo loteamento político de diversos cargos administrativos dentro do governo, com indicações provenientes principalmente do grupo político denominado Centrão. Na campanha eleitoral, o presidente havia prometido publicamente rejeitar e coibir essa prática.”

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários