Português   English   Español

Moro assumirá cargo na transição de Bolsonaro imediatamente

Sergio Moro antecipou sua saída da magistratura para assumir imediatamente um cargo executivo na equipe de transição do presidente eleito Jair Bolsonaro.

Inicialmente, Sergio Moro havia solicitado férias relativas a um período que estava em aberto e se desligou dos processos da Lava Jato, que conduziu por 4 anos e sete meses.

Ele planejava se despedir da toga só no final de dezembro, para efetivamente poder ser nomeado ministro de Jair Bolsonaro. No entanto, segundo interlocutores, o juiz suspendeu as férias e formalizou o pedido de exoneração para “evitar surpresas”.

Na tarde desta sexta-feira (16), a exoneração de Sergio Moro foi efetivada pelo desembargador Thompson Flores, do TRF-4.

Moro declarou:

Assim, venho, mais uma vez registrando meu pesar por deixar a magistratura, requerer a minha exoneração do honroso cargo de juiz federal da Justiça Federal da 4.ª Região, com efeitos a partir de 19 de novembro de 2018, para que eu possa então assumir de imediato um cargo executivo na equipe de transição da Presidência da República e sucessivamente ao cargo de Ministro da Justiça e da Segurança Pública.

 

Adaptado da fonte Estadão

Deixe seu comentário...

Veja também...

Newsletter Renova!

Preencha o formulário para assinar nossa newsletter.

Nome Email
newsletter