Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Moro celebra portaria que distribui recursos do Fundo Nacional

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Moro celebra portaria que distribui recursos do Fundo Nacional

“A portaria também estimula os Estados e o DF a coletar perfis genéticos de criminosos para o Banco Nacional”, celebrou Moro no Twitter.

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, utilizou a rede social Twitter, na manhã desta terça-feira (9), para celebrar a edição da portaria n° 631/2019, publicada hoje no Diário Oficial da União.

A portaria definiu critérios objetivos para distribuição dos recursos do Fundo Nacional de Segurança Pública.

Segundo o site do Ministério da Justiça e da Segurança Pública, as variáveis utilizadas para o rateio dos recursos contemplam os aspectos geográficos, populacionais e socioeconômicos dos estados, além de dados como violência, criminalidade e fronteiras.

Em uma das mensagens publicadas nesta manhã, Moro declarou:

“A portaria também estimula os Estados e o DF a coletar perfis genéticos de criminosos para o Banco Nacional, o que aumentará a taxa de resolução de crimes para o benefício de todos. É a moderna impressão digital. Atingir a meta de coleta passa a ser um critério.”

O ministro acrescentou:

“Estimulamos a criação e o efetivo funcionamento de pelo menos uma delegacia da Polícia Civil em cada Estado dedicada exclusivamente ao combate à corrupção, compromisso do MJSP. A existência e a manutenção da delegacia passa a ser um critério para o rateio dos recursos.”

Moro completou:

“Destaco que a Portaria e os critérios, embora elaboradas no MJSP/SENASP, foram aprovadas por unanimidade pelo Conselho dos Secretários de Segurança Pública dos Estados e do Distrito Federal em reunião na última semana.”

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email