Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
- PUBLICIDADE -

Moro defende FAB e promete punições no caso da cocaína

Tarciso Morais

Tarciso Morais

COMPARTILHE

“Não vamos medir esforços para investigar e punir o crime”, afirmou o ministro Moro.

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, comentou na rede social Twitter sobre o caso do militar preso na Espanha sob a acusação de transportar 39 kg de cocaína num avião da Força Aérea Brasileira (FAB).

O 2.º sargento da Aeronáutica, Manoel Silva Rodrigues, foi detido após ter chegado ao país europeu com 37 pacotes de entorpecentes, guardado em sua bagagem pessoal.

O militar atuava no Grupo de Transportes Especiais da FAB como comissário de bordo. Ele não tinha cargo na Presidência da República e não estava ligado diretamente à equipe presidencial de Bolsonaro.

Em sua mensagem no Twitter, Moro disse que “o militar preso com drogas em Sevilha é uma ínfima exceção em corporação (FAB) que prima pela honra”.

Moro garantiu que os fatos serão devidamente apurados pelas autoridades espanholas e brasileiras. “Não vamos medir esforços para investigar e punir o crime”, acrescentou o ministro.

- PUBLICIDADE -
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
VEJA TAMBÉM