Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
- PUBLICIDADE -

Moro divulgou delação de Palocci para ajudar Bolsonaro, diz Gilmar

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Gilmar Mendes tentar validar mensagens hackeadas da Lava Jato
Imagem: Adriano Machado/Reuters
COMPARTILHE

Gilmar segue criticando Moro por divulgar a delação de Palocci pouco antes das eleições de 2018.

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes, voltou a criticar a forma como o ex-juiz Sergio Moro divulgou a delação do petista Antonio Palocci à operação “Lava Jato”.

Moro liberou o conteúdo da delação a poucos dias das eleições 2018.

De acordo com Gilmar, Moro agiu em benefício do então candidato Jair Bolsonaro, que terminou conquistando a Presidência da República.

Em entrevista à Rádio Gaúcha, na última sexta-feira (1º), Gilmar disse que a operação “Lava Jato” foi “a mãe ou o pai” do movimento pró-Bolsonaro:

“Ele [Moro] estava muito próximo desse movimento político, tanto é que na eleição, no segundo turno, ele faz aquele vazamento das confissões, das delações do Palocci. A quem interessava isso? Interessava ao adversário do PT.”

E acrescentou:

“Depois ele aceita esse convite, que foi muito criticado, para ser ministro do governo Bolsonaro, cujo adversário ele tinha prendido. É toda uma situação muito delicada, se discute muito a correição ética desse gesto.”

- PUBLICIDADE -
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
VEJA TAMBÉM