Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Moro esclarece que não ordenou destruição do material hackeado

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Moro esclarece que não ordenou destruição do material hackeado

Moro fala em “mal-entendido” e diz a Fux que não destruiria mensagens obtidas por hackers.

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, afirmou que não orientou ou determinou a destruição do material obtido pela Operação Spoofing, que apura invasões a celulares de centenas de autoridades do Brasil.

Em documento protocolado nesta quarta-feira (7), Moro explica ao ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Luiz Fux, que divulgou nota oficial para esclarecer que somente uma decisão judicial poderia levar à anulação do conteúdo.

Fux havia pedido esclarecimentos de Moro após o PDT apresentar uma ação no tribunal contra uma possível destruição de mensagens obtidas através da ação de hackers.

Segundo o site G1, Moro escreveu:

“Esclareço que este ministro da Justiça e Segurança Pública não exarou qualquer determinação ou orientação à Polícia Federal para destruição do indicado material ou mesmo acerca de sua destinação, certo de que compete, em princípio, ao juiz do processo ou ao próprio poder Judiciário decidir sobre a questão, oportunamente.”

E acrescentou:

“A própria Polícia Federal já havia emitido nota esclarecendo o assunto, em 25 de julho, bem como este subscritor, em 30 de julho, no sentido de que não haveria nenhuma determinação administrativa para destruição do material e que o destino dele seria oportunamente decidido pelo juiz da causa.”

De acordo com Moro, houve “mal-entendido” por parte de uma das vítimas dos hackers, o ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ), João Otávio de Noronha, que disse que as mensagens seriam descartadas.

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

Comentários

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Outras Notícias