Português   English   Español

Moro promete independência e reforço de pessoal ao Coaf

O futuro ministro da Justiça, Sergio Moro, afirmou que o Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) terá total independência durante sua gestão.

O Coaf está vinculado a Fazenda atualmente, mas será transferido para o Ministério da Justiça durante o governo do presidente eleito Jair Bolsonaro.

O futuro ministro Sergio Moro prometeu manter a autonomia do Coaf durante uma reunião com conselheiros da instituição nesta quinta-feira (6). 

Na reunião com os conselheiros, Moro sinalizou ainda que deve aumentar a estrutura do Coaf, formado por técnicos emprestados de outras áreas do governo. Hoje, o Coaf tem aproximadamente 40 funcionários.

A partir de janeiro, o Coaf será presidido pelo auditor fiscal Roberto Leonel de Oliveira Lima, chefe Escritório de Pesquisa e Investigação (Espei) da 9ª Região Fiscal, a inteligência da Receita Federal no Paraná.

Adaptado da fonte Globo

Deixe seu comentário...

Veja também...

Newsletter Renova!

Preencha o formulário para assinar nossa newsletter.

Nome Email
newsletter