- PUBLICIDADE -

Moro quer identificação de ‘autores da rede de fake news’

Alerj concede maior honraria do Rio a Sergio Moro
- PUBLICIDADE -

Moro quer identificar os “autores” de uma suposta “rede de fake news e de ofensas em massa”.

O ex-ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, comentou, nesta quarta-feira (27), sobre a operação da Polícia Federal (PF) determinada pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, com base no inquérito das fake news.

Em mensagem no Twitter, Moro disse que a PF precisa “trabalhar com autonomia”.

O ex-juiz da operação “Lava Jato” disse ainda que é preciso identificar os “autores” de uma suposta “rede de fake news e de ofensas em massa”.

Moro ainda destacou que, diante das suas denúncias de interferência na PF, o ministro Moraes “manteve os delegados que estavam na investigação”.

No fim do mês de abril, Moraes determinou que o comando da PF mantenha no cargo delegados que trabalham em duas investigações que tramitam na Corte sob a sua relatoria.

Os delegados da PF mantidos por Moraes trabalham no controverso inquérito das fake news e na investigação dos atos recentes rotulados como antidemocráticos pelas autoridades.

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -