Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Moro reafirma que seu projeto ‘não dá licença para matar’

Moro reafirma que seu projeto ‘não dá licença para matar’
COMPARTILHE

O ministro da Justiça, Sérgio Moro, afirmou nesta quinta-feira (7) que seu projeto anticrime “não é uma licença para matar”.

Uma das propostas do ex-juiz da Lava Jato possibilita uma redução ou mesmo isenção de pena de policiais que causarem morte durante sua atividade.

De acordo com o texto apresentado por Sergio Moro, a proposta permite ao juiz reduzir a pena até a metade ou deixar de aplicá-la se o excesso decorrer de escusável medo, surpresa ou violenta emoção.

As circunstâncias serão avaliadas e, se for o caso, o acusado pode ficar isento de pena.

“Não existe de maneira nenhuma licença para matar ou um afrouxamento da legítima defesa”, afirmou o ministro da Justiça para mais de 300 advogados, nesta quinta-feira (7), durante encontro do Instituto dos Advogados de São Paulo (Iasp), na capital paulista, segundo o Estadão.

Nesta quarta-feira (6), Moro reforçou que, em certos casos, o policial não pode ser tratado como um homicida pela Justiça, conforme noticiou a RENOVA.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários

PUBLICIDADE