Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Moro rebate Bolsonaro sobre indicação ao STF

Provas apontam que Lula se corrompeu diz Moro
Imagem: André Borges/Metrópoles
COMPARTILHE

“A permanência do Diretor Geral da PF, Maurício Valeixo, nunca foi utilizada como moeda de troca”, diz Moro.

O ex-ministro Sergio Moro rebateu, nesta sexta-feira (24), uma acusação do presidente da República, Jair Bolsonaro, envolvendo uma possível indicação ao Supremo Tribunal Federal (STF).

Em pronunciamento no Palácio do Planalto, Bolsonaro disse que Moro utilizou a exoneração do diretor-geral da Polícia Federal (PF), Maurício Valeixo, como moeda de troca.

“Ele me disse que eu poderia trocar o diretor-geral, ‘mas em novembro, depois que o senhor me indicar para o Supremo Tribunal Federal’”, explicou Bolsonaro, como noticiou a RENOVA.

Em mensagem no Twitter, Moro rebateu:

“A permanência do Diretor Geral da PF, Maurício Valeixo, nunca foi utilizada como moeda de troca para minha nomeação para o STF.”

E acrescentou:

“Aliás, se fosse esse o meu objetivo, teria concordado ontem com a substituição [dele].”

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários

PUBLICIDADE