Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Moro tentou interferir na eleição de 2018, diz Lewandowski

Lewandowski determina que governo pague reajuste a servidores em 2019
Imagem: Jorge William / Agência O Globo
COMPARTILHE

STF viu parcialidade do ex-juiz. Lewandowski falou em atos “heterodoxos” de Moro.

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandowski, foi incisivo, nesta terça-feira (4), nas críticas ao ex-juiz Sergio Moro durante sessão da 2ª Turma da Corte.

Lewandowski rechaçou a decisão do ex-magistrado de homologar uma delação da Odebrecht três meses antes da eleição presidencial de 2018. 

A atitude foi apontada por Lewandowski como proposital, para influenciar no pleito contra o candidato do Partido dos Trabalhadores (PT). 

Sérgio Moro viria a integrar o governo do atual presidente da República, Jair Bolsonaro.

“Com essas e outras atitudes que haverão de ser verticalmente analisadas no âmbito do HC 164.493/PR, o referido magistrado – para além de influenciar, de forma direta e relevante, o resultado da disputa eleitoral, conforme asseveram inúmeros analistas políticos, desvelando um comportamento, no mínimo, heterodoxo no julgamento dos processos criminais instaurados contra o ex-Presidente Lula -, violou o sistema acusatório, bem como as garantias constitucionais do contraditório e da ampla defesa”, disse Lewandowski, como noticiou o jornal Poder360.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários