PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Moro usa Força Nacional em projeto de redução de violência

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

“O policial não pode estar em todo o lugar e quanto mais informações ele detiver, melhor. Inteligência é tudo. Informação é tudo”, afirmou Moro.

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, iniciou, nesta quinta-feira (22), a execução do plano “Em Frente Brasil“, projeto piloto de enfrentamento à criminalidade violenta.

Moro autorizou o emprego da Força Nacional de Segurança Pública em cinco estados — Goiás, Espírito Santo, Pará, Pernambuco e Paraná — por um período de 120 dias.

A ação contempla as respectivas capitais e regiões metropolitanas dos estados selecionados, com foco nos municípios de Ananindeua (PA), Cariacica (ES), Goiânia (GO), Paulista (PE) e São José dos Pinhais (PR), informa a revista Veja.

A portaria publicada no Diário Oficial da União (DOU) informa que a Força Nacional reforçará as corporações estaduais e municipais em atividades de policiamento ostensivo e na preservação da ordem pública.

Além do reforço na segurança, as cidades escolhidas testarão ferramentas de Big Data e Inteligência Artificial voltadas ao combate da criminalidade.

“O policial não pode estar em todo o lugar e quanto mais informações ele detiver, melhor. Inteligência é tudo. Informação é tudo”, declarou Moro em seminário realizado pela pasta no início desta semana.

O Ministério da Justiça tem um plano para investir R$ 32 milhões ao longo dos próximos quatro anos em infraestrutura digital.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Encontrou um erro?

Para comunicar um erro de português, de informação ou técnico, preencha o formulário abaixo.