- PUBLICIDADE -

Morre francês que se tornou símbolo do debate sobre eutanásia

Morre francês que se tornou símbolo do debate sobre eutanásia
- PUBLICIDADE -

Apesar das súplicas dos pais, a Justiça do país europeu decidiu que Lambert deveria morrer.

O francês Vincent Lambert, enfermeiro que virou símbolo do debate sobre eutanásia mundo afora, morreu, na manhã desta quinta-feira (11), no hospital de Reims, na França.

A morte de Lambert foi declarada poucos dias após a suspensão do tratamento que o mantinha vivo há dez anos.

No começo de julho, os médicos começaram a suspender gradualmente a alimentação e hidratação de Lambert após a mais alta corte de apelações do país decidir que ele deveria morrer.

De nada adiantaram os apelos dos pais, cristãos devotos que lutavam pela vida do filho, vítima de um acidente de moto que o deixou tetraplégico.

“Anunciamos com o coração partido que Deus acolheu nosso amado Vincent”, declarou David Philippon, meio-irmão do paciente e também contrário à interrupção do tratamento, informa a ISTOÉ.

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -