Morte de cristãos por perseguição religiosa aumenta 40% em 2018

Português   English   Español
Morte de cristãos por perseguição religiosa aumenta 40% em 2018
TARCISO MORAIS
TARCISO MORAIS
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia

Em seu levantamento de 2019, a organização não-governamental Portas Abertas registrou 4.305 casos de pessoas mortas por serem cristãs.

O número apresentado pela ONG Portas Abertas representa aumento de 40,4% na comparação com a pesquisa anterior.

A mais recente Lista Mundial de Perseguição, divulgada nesta quarta-feira (16) cobriu o período de 1º de novembro de 2017 a 31 de outubro de 2018.

A organização observou o crescimento de 65% no total de pessoas detidas sem julgamento, sentenciadas e presas – 3.150 cristãos – 133% nos ataques a igrejas e edifícios cristãos no período – 1.847 templos, informa a “VEJA“.

O quadro levantado ano a ano pela Portas Abertas aponta para a volta com maior intensidade da perseguição aos cristãos, especialmente no Oriente Médio, na África e na Ásia Oriental, onde grupos extremistas atuam como os principais responsáveis pela violência.

SIGA A RENOVA

Compartilhe...

Share on whatsapp
Share on google
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on email

Deixe seu comentário...

Veja também...