Mortes por overdose de mulheres disparam nos últimos 18 anos nos EUA

Idiomas:

Português   English   Español
Mortes por overdose de mulheres disparam nos últimos 18 anos nos EUA
TARCISO MORAIS
TARCISO MORAIS
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

As mortes por overdose em mulheres de média idade aumentaram 260% nos últimos anos nos Estados Unidos.

As informações foram publicadas em uma reportagem das autoridades sanitárias do país divulgada nesta sexta-feira (11).

Os Centros de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) reportaram que entre 1999 e 2017 houve um aumento no número de mortes em mulheres de 30 a 64 anos por overdose de drogas.

As causas das overdoses incluem antidepressivos, benzodiazepina, cocaína, heroína, opioides receitados e opioides sintéticos, informa a agência “EFE“.

Neste período, foi registrado um aumento de mortes por overdose de 200% entre as mulheres de 35 a 39 e 45 a 49 anos, de 350% entre aquelas de 30 a 34 e 50 a 54 e de quase 500% entre as de 55 a 64.

Os investigadores observaram um aumento de 6,7 mortes por cada 100 mil pessoas (4.314) em 1999 para 24,3 por cada 100 mil pessoas (18.110) em 2017.

As mortes por overdose nos Estados Unidos com opioides sintéticos experimentaram um aumento de 1.643%, enquanto a heroína teve um aumento do 915% e as benzodiazepinas de 830%.

Newsletter RENOVA

Receba diariamente as últimas notícias do Brasil e do Mundo.

Curta e compartilhe esta notícia

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on google
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on email

Deixe seu comentário

Veja outras notícias em destaque