Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Mortes violentas no Brasil caem 22% no 1º semestre da gestão Bolsonaro

Mortes violentas no Brasil caem 22% no 1º semestre da gestão Bolsonaro
COMPARTILHE

Mortes violentas têm queda de 22% no primeiro semestre. Todos os estados registraram queda no índice.

Um levantamento divulgado neste domingo, 1º de setembro, aponta uma queda de 22% no número de mortes violentas no Brasil neste primeiro semestre do governo Jair Bolsonaro, quando comparado ao mesmo período do ano passado.

A informação consta no índice nacional de homicídios publicado pelo site G1 com base no Monitor da Violência, uma parceria com o Núcleo de Estudos da Violência da USP e o Fórum Brasileiro de Segurança Pública.

Nos primeiros seis meses do ano, 21.289 assassinatos foram registrados, contra 27.371 no mesmo período do ano passado. Uma redução de 6 mil.

A região Nordeste é a que apresenta a maior queda na quantidade de mortes violentas. Ao todo foram 3.244 mortes a menos, o que corresponde a mais da metade da queda total.

Outros três estados apresentaram redução nestes crimes acima de 30%: Sergipe, Rio Grande do Norte e Ceará.

Em 2017, o Brasil atingiu o maior número de mortes violentas intencionais, como homicídios e latrocínios, da sua história. Foram 63.880 vítimas, o equivalente a 175 por dia, 7 por hora, segundo dados revelados pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários