Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Mortes violentas no Brasil caem 22% no 1º semestre da gestão Bolsonaro

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Mortes violentas no Brasil caem 22% no 1º semestre da gestão Bolsonaro

Mortes violentas têm queda de 22% no primeiro semestre. Todos os estados registraram queda no índice.

Um levantamento divulgado neste domingo, 1º de setembro, aponta uma queda de 22% no número de mortes violentas no Brasil neste primeiro semestre do governo Jair Bolsonaro, quando comparado ao mesmo período do ano passado.

A informação consta no índice nacional de homicídios publicado pelo site G1 com base no Monitor da Violência, uma parceria com o Núcleo de Estudos da Violência da USP e o Fórum Brasileiro de Segurança Pública.

Nos primeiros seis meses do ano, 21.289 assassinatos foram registrados, contra 27.371 no mesmo período do ano passado. Uma redução de 6 mil.

A região Nordeste é a que apresenta a maior queda na quantidade de mortes violentas. Ao todo foram 3.244 mortes a menos, o que corresponde a mais da metade da queda total.

Outros três estados apresentaram redução nestes crimes acima de 30%: Sergipe, Rio Grande do Norte e Ceará.

Em 2017, o Brasil atingiu o maior número de mortes violentas intencionais, como homicídios e latrocínios, da sua história. Foram 63.880 vítimas, o equivalente a 175 por dia, 7 por hora, segundo dados revelados pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública.

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

Comentários

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Outras Notícias