Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Mesmo após expulsão do Estado Islâmico, Mosul continua uma cidade fantasma

COMPARTILHE

Depois de anos sob controle dos terroristas, os bombardeios contínuos da coalizão internacional e das forças do Iraque transformaram a cidade de Mosul em uma pilha de escombros.

Os cadáveres ainda apodrecem sob os escombros dos milhares de prédios derrubados. Eles não podem ser removidos até que a área esteja suficientemente segura. Estilhaços, explosivos não detonados, minas e armadilhas estão em toda parte.

As carcaças dos veículos utilizados em ataques suicidas estão empilhadas pelas estradas. As palmeiras deixadas em pé exibem folhas enegrecidas, murchando ao sol.

O grafite “Fuck ISIS” exprime bem o sentimento de revolta do povo iraquiano pelos terroristas que destruíram sua nação.

O Estado Islâmico implodiu sua própria mesquita sagrada em junho, quando as forças iraquianas cercavam a cidade e estavam prestes a assumir o controle.

Uma pequena parte da infame mesquita Grand al-Nuri sobreviveu a explosão, assim como o púlpito onde Baghdadi declarou a fundação do califado islâmico.

A devastação da cidade de Mosul é tão grande que, apesar dos esforços para reconstrução, alguns cidadãos acreditam que a melhor solução seria recomeçar em outro lugar.

O engenheiro aposentado Raghib Kawaji, de 57 anos, disse:

O melhor caminho a seguir é construir uma nova cidade. Encontre mais uma terra por perto e apenas comece de novo. Como essa cidade pode ser o que era uma vez?

 

Com informações de: (1)

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE