- PUBLICIDADE -

Motorista de Uber cita ‘resistência’ ao rejeitar passageiros republicanos

- PUBLICIDADE -

Jovens ativistas republicanos foram expulsos de um veículo por um motorista do Uber que os provocou com a frase: “Bem-vindos à resistência”.

Seis voluntários do Partido Republicano foram despejados em um posto de gasolina perto da cidade de Raleigh, na Carolina do Norte, por um motorista de Uber.

O motorista citou seu direito de negar serviço antes de sair em disparada gritando “bem-vindos à resistência”. Ele aproveitou para negativar os clientes no aplicativo, alegando que eles se comportaram inadequadamente enquanto estavam em trânsito.

“Ficou claro, com base em nossa leve conversa política conservadora, que o motorista percebeu que éramos republicanos”, disse uma das vítimas, Mary Russell, ao jornal Daily Caller.

“Revisei os termos de serviço do Uber e não usamos ‘linguagem e gestos inapropriados ou abusivos’ o que poderia resultar no término antecipado de uma corrida”, acrescentou a mulher.

Russell disse que ela pediu um novo carro para transportar o grupo e que eles não tiveram mais problemas.

Chris Godbey, outro passageiro envolvido no incidente, declarou com indignação:

Para uma pessoa destratar flagrantemente jovens republicanos por causa das suas perspectivas políticas é um ataque às liberdades garantidas pela Primeira Emenda. Enquanto os donos de empresas devem ter a liberdade de fornecer o serviço como bem entenderem, uma vez que um contrato tenha sido assinado, quebrar esse contrato é inadequado e fazê-lo com base na discriminação por crenças políticas é ilegal.

 

Traduzido e adaptado de News Wars
PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -