- PUBLICIDADE -

Motorista de Uber nega relação com ataque hacker

Motorista de Uber nega relação com ataque hacker

- PUBLICIDADE -

Danilo Marques depôs na tarde desta quarta-feira (24) na Superintendência da Polícia Federal em Brasília.

Um dos alvos da Operação Spoofing, lançada pela Polícia Federal (PF), nesta terça-feira (23), Danilo Cristiano Marques, de 33 anos, é um motorista de Uber que mora em Araraquara, interior de São Paulo.

Durante depoimento, na tarde desta quarta-feira (24), Danilo negou qualquer envolvimento com os ataques hacker a celulares do ministro da Justiça, Sergio Moro, e de outras autoridades brasileiras.

Um dos IPs de onde partiram os ataques levou a um imóvel ligado a Marques, segundo matéria da revista Crusoé.

Além de Marques, outras três pessoas foram detidas por agentes da PF após o juiz Vallisney de Souza Oliveira expedir mandados de prisão temporária.

Gustavo Henrique Elias Santos, Suellen Priscila de Oliveira e Walter Delgatti Neto também estão detidos na Superintendência da PF em Curitiba por envolvimento com a série de ataques cibernéticos contra autoridades brasileiras.

PUBLICIDADE

- PUBLICIDADE -

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -