Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Mourão alerta para ‘campanhas difamatórias’ contra o Brasil

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
'Nossa missão é restaurar e reerguer a nossa pátria', diz Mourão

Brasil tenta melhorar sua imagem no exterior em relação à proteção da Amazônia e dos povos indígenas.

O vice-presidente da República, Hamilton Mourão, afirmou, nesta quarta-feira (15), que o Brasil pode manter as Forças Armadas em operação contra o desmatamento e as queimadas na Amazônia até o fim de 2022.

Após uma reunião do Conselho Nacional da Amazônia Legal, Mourão declarou:

“A operação é uma medida urgente, mas não é um esforço isolado. As ações estão sendo ampliadas para evitar as queimadas durante o verão amazônico, que já começou e se estende até setembro.”

O general afirmou que o presidente da República, Jair Bolsonaro, não nega nem esconde informações sobre a gravidade da situação, mas que não aceita o que chamou de narrativas simplistas e enviesadas sobre o assunto:

“Como se não bastasse o prejuízo natural brasileiro, os crimes ambientais deixam o nosso país vulnerável a campanhas difamatórias, abrindo caminho para que interesses protecionistas levantem barreiras comerciais injustificáveis às exportações do agronegócio.”

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email