- PUBLICIDADE -

Mourão alerta para ‘campanhas difamatórias’ contra o Brasil

'Nossa missão é restaurar e reerguer a nossa pátria', diz Mourão
- PUBLICIDADE -

Brasil tenta melhorar sua imagem no exterior em relação à proteção da Amazônia e dos povos indígenas.

O vice-presidente da República, Hamilton Mourão, afirmou, nesta quarta-feira (15), que o Brasil pode manter as Forças Armadas em operação contra o desmatamento e as queimadas na Amazônia até o fim de 2022.

Após uma reunião do Conselho Nacional da Amazônia Legal, Mourão declarou:

“A operação é uma medida urgente, mas não é um esforço isolado. As ações estão sendo ampliadas para evitar as queimadas durante o verão amazônico, que já começou e se estende até setembro.”

O general afirmou que o presidente da República, Jair Bolsonaro, não nega nem esconde informações sobre a gravidade da situação, mas que não aceita o que chamou de narrativas simplistas e enviesadas sobre o assunto:

“Como se não bastasse o prejuízo natural brasileiro, os crimes ambientais deixam o nosso país vulnerável a campanhas difamatórias, abrindo caminho para que interesses protecionistas levantem barreiras comerciais injustificáveis às exportações do agronegócio.”

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -