Mourão confirma retirada de militares de operação na Amazônia

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Mourão é presidente do Cnal (Conselho Nacional da Amazônia Legal).

O vice-presidente da República, Hamilton Mourão, confirmou, nesta quarta-feira (10), o fim da atuação de militares contra delitos ambientais na Amazônia

Os soldados estavam atuando no âmbito da operação “Verde Brasil 2”, que se encerra em 30 de abril. 

A operação foi deflagrada em 11 de maio do ano de 2020 para combater focos de incêndio, desmatamento e garimpo ilegal na região da Amazônia Legal.   

Na prática, os militares do Exército Brasileiro deixarão a Amazônia e a atuação ficará sob responsabilidade dos agentes do Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis), ICMBio (Instituto Chico Mendes de Biodiversidade) e das polícias Federal e Rodoviária. 

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.