Mourão denuncia presença de cubanos entre militares da Venezuela

Idiomas:

Português   English   Español
Mourão denuncia presença de cubanos entre militares da Venezuela
TARCISO MORAIS
TARCISO MORAIS
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

Em entrevista nesta quarta-feira (27), o general Mourão afirmou que uma guerra civil na Venezuela é um “cenário possível”.


O vice-presidente da República, Hamilton Mourão, disse que a crise na Venezuela está relacionada à presença de “20 a 60 mil” cubanos colocados pelo ditador Nicolás Maduro em setores de inteligência e segurança.

Em entrevista a Globo News, nesta quarta-feira (27), Mourão comentou sobre a presença de cubanos após usar o termo “forças estranhas”:

“O que eu chamo de força estranha? São os cubanos. Os cubanos detêm o controle de todos os setores de Inteligência na Venezuela. Existe medo. ‘Medo’ foi a palavra dita pelo presidente Guaidó.”

Para ele, a presença de infiltrados da ditadura de Cuba no regime chavista “dificulta o rompimento da ala militar com Maduro”, pois “há milícias que ameaçam os militares que querem romper”.

Questionado sobre o risco dos conflitos aumentarem, Mourão foi assertivo:

“O cenário da guerra civil é um cenário possível, pela situação que o país vive.”

Newsletter RENOVA

Receba gratuitamente as principais notícias do Brasil e do Mundo por email.

Curta e compartilhe...

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on reddit
Share on vk

Deixe seu comentário...

Veja também...