- PUBLICIDADE -

Mourão diz que ‘Brasil não participa de intervenção’

Mourão diz que 'Brasil não participa de intervenção'

- PUBLICIDADE -

O general Hamilton Mourão disse nesta quarta-feira (23) que não há chances de o Brasil participar de uma eventual intervenção na Venezuela.

O parlamentar Juan Guaidó, líder da oposição ao ditador Nicolás Maduro, se declarou presidente interino da Venezuela e foi reconhecido por diversos líderes mundiais.

O presidente em exercício, Hamilton Mourão, afirmou nesta quarta-feira (23) que o Brasil não participaria de uma eventual intervenção dos Estados Unidos no país vizinho.

Segundo o general Mourão, não faz parte da política externa brasileira “intervir” em questões internas de outros países.

Mourão, que ocupa a Presidência em razão da viagem de Jair Bolsonaro à Suíça, deu a declaração após o presidente da Assembleia Nacional da Venezuela e líder da oposição, Juan Guaidó, assumir a presidência interinamente.

Questionado sobre o que o Brasil poderia fazer caso o ditador Maduro prenda Guaidó, Mourão respondeu que o país “só pode protestar”.

“Não vai fazer mais nada além disso”, acrescentou, segundo o “G1“.

Horas antes, o presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, havia reconhecido Guaidó como o “presidente encarregado da Venezuela”, conforme noticiou a RENOVA.

PUBLICIDADE

- PUBLICIDADE -

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -