- PUBLICIDADE -

Mourão diz que Pazuello pode ir para reserva do Exército

Foto: Reprodução/Agência Brasil
- PUBLICIDADE -

"Acho que o episódio será conduzido à luz do regulamento”, diz Mourão.

O vice-presidente da República, Hamilton Mourão, comentou, nesta segunda-feira (24), sobre a participação do ex-ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, em manifestação no Rio de Janeiro a favor do presidente Jair Bolsonaro.

Mourão entende que Pazuello pode ser punido por ter participado do ato político deste domingo (23).

O comentário foi feito por Mourão em conversa com jornalistas em Brasília. Saiba mais detalhes.

  • Mourão ponderou que Pazuello pode pedir transferência para a reserva para evitar punições do Exército.
  • É provável que seja [punido], é uma questão interna do Exército. Ele também pode pedir transferência para reserva e aí atenuar o problema“, disse Mourão.
  • O regulamento disciplinar do Exército no seu anexo 1º tem uma série de transgressões, entre elas, pode ser aí enquadrada essa presença do general Pazuello nessa manifestação, uma manifestação de cunho político”, explicou Mourão.
  • Acho que o episódio será conduzido à luz do regulamento, isso tem sido muito claro em todos os pronunciamentos dos comandantes militares e do próprio ministro da Defesa. Eu já sei que o Pazuello já entrou em contato com o comandante informando ali, colocando a cabeça dele no cutelo, entendendo que ele cometeu um erro“, completou.
PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -