- PUBLICIDADE -

Mourão minimiza críticas do Embaixador da China no Brasil

Brasil precisa de uma força militar de dissuasão diz Mourão
- PUBLICIDADE -

“Ele tem algum cargo no governo?”, questionou Mourão ao falar sobre Eduardo Bolsonaro.

O vice-presidente da República, Hamilton Mourão, afirmou, nesta quinta-feira (19), que o deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) não é um representante do governo federal.

Uma declaração de Eduardo sobre a origem do coronavírus causou uma reação acima do tom do Embaixador da China no Brasil.

O diplomata Yang Wanming chegou até a compartilhar uma postagem ofensiva no Twitter contra a família do presidente da República, Jair Bolsonaro.

Em conversa com o jornal Folha, Mourão minimizou o imbróglio diplomático:

“O Eduardo Bolsonaro é um deputado. Se o sobrenome dele fosse Eduardo Bananinha, não era problema nenhum. Só por causa do sobrenome. Ele não representa o governo. Não é a opinião do governo. Ele tem algum cargo no governo?”

O general da reserva enfatizou que o Ministério de Relações Exteriores já tem feito contatos com autoridades chinesas.

O chanceler brasileiro, Ernesto Araújo, disse que o comportamento do Embaixador da China no Brasil foi “inaceitável”, como noticiou a RENOVA.

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -