- PUBLICIDADE -

Mourão minimiza retorno de embaixador da Palestina

Mourão minimiza retorno de embaixador da Palestina
- PUBLICIDADE -

O presidente em exercício, Hamilton Mourão, minimizou as críticas da Palestina após a abertura do escritório de negócios em Jerusalém pelo governo do Brasil.

O general Hamilton Mourão chamou de “método diplomático” a decisão da Palestina ao convocar o embaixador no Brasil.

Segundo o Metrópoles, Mourão afirmou:

“Vamos lembrar sempre que diplomacia não é o objetivo final, ela é a forma de a gente conduzir um relacionamento e faz parte das pressões que vão ocorrer a partir do momento que foram tomadas as decisões.”

Mourão classificou a chamada do embaixador palestino como um “bate-papo” e disse que “daqui a pouco ele volta”. “Ele volta, volta sim”, garantiu o presidente em exercício.

“É uma violação flagrante ao povo palestino e seus direitos, bem como uma aprovação à pressão americana e israelense”, afirmou o chanceler palestino Riad Malki, sobre o novo escritório brasileiro na capital de Israel.

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -