- PUBLICIDADE -

Mourão não quer Brasil como vilão do ambiente na Amazônia

'Pulmões do mundo são os oceanos, não a Amazônia', diz Mourão
- PUBLICIDADE -

Brasil tenta montar uma resposta para o aumento da destruição da floresta antes da temporada dos incêndios florestais.

O governo Jair Bolsonaro enviou, nesta segunda-feira (11), milhares de militares para combater o desmatamento da Amazônia.

As Forças Armadas, juntamente com autoridades ambientais, policiais e outras agências governamentais, começaram com uma operação em uma floresta nacional no Estado de Rondônia, perto da fronteira com a Bolívia.

Em entrevista coletiva, o vice-presidente e presidente do Conselho Nacional da Amazônia Legal, Hamilton Mourão, declarou:

“Nós não queremos que o Brasil seja colocado para o restante do mundo como vilão do meio ambiente.”

Ao comentar sobre o avanço do desmatamento no país, segundo o jornal Extra, Mourão completou:

“Nós não temos dúvida de que o problema vai continuar a existir. Nós consideramos que não é o melhor emprego para as Forças Armadas tem que estar atuando constantemente nesse atuação, mas infelizmente é o meio que nós temos para conseguir impedir ou limitar que essas ilegalidades continuem ocorrendo.”

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -