Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Movimento Brasil 200 volta atrás e decide apoiar protestos

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Movimento Brasil 200 volta atrás e decide apoiar protestos

“Ficou muito claro que o principal pedido será a reforma da Previdência, que sem ela o país não anda”, afirmou o presidente do Brasil 200.

O movimento Brasil 200, que reúne nomes fortes do cenário empreendedor brasileiro, como Flávio Rocha (Riachuelo) e João Appolinário (Polishop), mudou de posição e, agora, vai apoiar as manifestações pró-reformas do domingo, dia 26 de maio.

Segundo a Folha, Gabriel Kanner, presidente do Brasil 200, declarou:

“As pautas mudaram. As manifestações serão em defesa da reforma da Previdência, da MP 870, que é a reforma administrativa, e do pacote anticrime do ministro Sergio Moro. Nós também defendemos isso e, por isso, decidimos ir para as ruas.”

O presidente do movimento esteve em Brasília nesta quarta-feira (22) e diz que conversou com parlamentares sobre as bandeiras das manifestações:

“Ficou muito claro que o principal pedido será a reforma da Previdência, que sem ela o país não anda.”

Inicialmente, como você viu na RENOVA, o movimento havia rejeitado participar dos protestos sob a justificativa de que algumas pautas atacam diretamente as instituições.

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email