- PUBLICIDADE -

Movimento político de Flávio Rocha também foi censurado pelo FB

- PUBLICIDADE -

A rede social de Mark Zuckeberg baniu centenas de páginas e perfis brasileiros com viés direitista em uma operação de “combate às notícias falsas”.

O Facebook tirou do ar a página do movimento Brasil 200, liderado pelo empresário e ex-presidenciável Flávio Rocha.

“Nem no tempo da ditadura se verificava tamanho absurdo”, protestou Rocha através de seu perfil pessoal no Twitter.

Segundo informações de O Antagonista:

Filiado ao PRB, o empresário deixou o comando da rede varejista Riachuelo, em março, para concorrer à Presidência.

No mês passado, desistiu da disputa, mas disse que continuaria participando do debate político com seu movimento Brasil 200.

Flávio Rocha está conectado com o Movimento Brasil Livre (MBL), que, inclusive, prestou apoio a sua candidatura presidencial.

Páginas e perfis ligados ao MBL foram os principais alvos da operação de censura lançada pelo Facebook nesta quarta-feira (25). O movimento político foi classificado pelo Facebook como um “grupo ativista de extrema-direita”.

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -