Português   English   Español

MP apresentou pedido à Justiça para transferir chefes do PCC

Ministério Público decidiu pedir remoção para presídio federal por avaliar que há risco de resgate.

Sem aval do governo Márcio França para transferir chefes do PCC para presídios federais, o Ministério Público de São Paulo resolveu apresentar sozinho pedido à Justiça para a remoção dos chefes do PCC.

A lista dos que seriam transferidos, composta por 15 a 20 integrantes da facção criminosa é encabeçada por Marco Camacho, conhecido como Marcola, número 1 do PCC.

O bandido está supostamente envolvido em um plano de criminosos para resgatá-los da penitenciária de Presidente Venceslau, no interior paulista.

O pedido da Promotoria deve ser feito entre segunda (12) e terça (13) ao juiz Paulo Sorci, da 5ª Vara de Execuções de São Paulo. Ele deve envolver promotores criminais que atuam na capital e no interior.

 

Adaptado da fonte Folha

Deixe seu comentário...

Veja também...

Newsletter Renova!

Preencha o formulário para assinar nossa newsletter.

Nome Email
newsletter