Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

MP diz que empresário ligado ao MBL tem cargo no governo Doria

MP diz que empresário ligado ao MBL tem cargo no governo Doria
COMPARTILHE

Um dos alvos foi contratado pelo governo Doria pra trabalhar na Comissão de Avaliação de Documentos e Acesso da Imprensa Oficial do Estado (Cada).

O empresário Alessander Monaco Ferreira é o nome de um dos presos ligados ao Movimento Brasil Livre (MBL) por suspeita de lavagem de dinheiro em operação policial realizada na manhã desta sexta-feira (10) em São Paulo.

De acordo com nota enviada pelo MP-SP sobre a operação:

“[Alessander Monaco Ferreira] solicitou emprego e foi contratado pelo governo do Estado de São Paulo para trabalhar na Comissão de Avaliação de Documentos e Acesso da Imprensa Oficial do Estado (Cada) justamente um cargo que tem função de gerenciar tarefas de eliminação de documentos públicos, de informações relativas ao recolhimento de documentos de guarda permanente produzidos pela administração pública.”

A gestão do governador João Doria ainda não se manifestou sobre o caso.

A operação deflagrada pelo MP-SP e Polícia Civil cumpriu a prisão temporária de Ferreira e de Carlos Augusto de Moraes Afonso, mais conhecido como Luciano Ayan.

A investigação levantou suspeita sobre o suposto recebimento pelo MBL de doações irregulares e uso de empresas consideradas fantasmas e que teriam sonegado cerca de R$ 400 milhões em operações consideradas atípicas, destaca o jornal Valor Econômico.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários