Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

MP Eleitoral é contra assinaturas digitais para criação de partido

Tarciso Morais

Tarciso Morais

MP Eleitoral é contra assinaturas digitais para criação de partido
COMPARTILHE

A coleta de assinaturas digitais aceleraria criação da Aliança pelo Brasil, novo partido de Bolsonaro.

A Procuradoria Geral Eleitoral (PGE) apresentou um parecer contrário a utilização de assinaturas digitais para coletar apoios na construção de uma nova legenda política. 

Caso o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) siga esse entendimento, a decisão poderá afetar as pretensões da nova sigla patrocinada pelo presidente da República, Jair Bolsonaro.

Para disputar as eleições municipais de 2020, o partido Aliança pelo Brasil precisa ser registrado até 4 de abril. 

Para isso, Bolsonaro e aliados precisam coletar 492.015 assinaturas de eleitores de ao menos nove Estados.

Admar Gonzaga e Karina Kufa, advogados de Bolsonaro, disseram nesta terça-feira (19) que a popularidade do presidente possibilitará a coleta de assinaturas suficientes e o registro da nova legenda antes do fim do prazo, informa o site Poder360.

- PUBLICIDADE -
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram