MP pede indenização contra deputada combatendo doutrinação nas escolas

Idiomas:

Português   English   Español
MP pede indenização contra deputada combatendo doutrinação nas escolas
TARCISO MORAIS
TARCISO MORAIS
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

Promotor pede que Ana Caroline Campagnolo (PSL) seja condenada a pagar cerca de R$ 70 mil de indenização por danos morais coletivos que seriam destinados ao Fundo para Infância e Adolescência (FIA).


O Ministério Público de Santa Catarina (MP-SC) apresentou, nesta terça-feira (30), uma ação judicial, em caráter liminar, para que a deputada estadual eleita Ana Caroline Campagnolo (PSL-SC) seja condenada a pagar cerca de R$ 70 mil de indenização por danos morais coletivos que seriam destinados ao Fundo para Infância e Adolescência (FIA).

No pedido, o promotor Davi do Espírito Santo, titular da 25ª Promotoria de Justiça de Florianópolis, considera que Campagnolo criou um “serviço ilegal de controle político-ideológico da atividade docente”.

Logo após a vitória do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL), no último domingo (28), Campagnolo divulgou uma imagem em uma página de rede social pessoal para pedir que estudantes denunciem professores doutrinadores em sala de aula, conforme noticiou a Renova Mídia.

Adaptado da fonte Estadão

Newsletter RENOVA

Receba gratuitamente as principais notícias do Brasil e do Mundo por email.

Curta e compartilhe...

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on reddit
Share on vk

Deixe seu comentário...

Veja também...