MP pede 30 anos de prisão para ex-presidente da Coreia do Sul

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Park Geun-hye, de 66 anos, está presa há quase um ano. Ela foi acusada de corrupção, suborno, abuso de poder e vazamento de segredos de Estado.

O Ministério Público da Coreia do Sul pediu uma pena de prisão de 30 anos à antiga Presidente Park Geun-hye por suspeita de suborno, abuso de poder e outros crimes, em um midiático caso de corrupção. O tribunal distrital de Seul deverá marcar ainda nesta terça-feira  (27) a data para anunciar o veredito.

Se o tribunal a considerar culpada, Park será a terceira Presidente sul-coreana a ser condenada por crimes. Os outros foram antigos generais, envolvidos em um golpe, em 1979, e em um massacre de civis, em 1980.

A antiga Presidente não esteve presente na sessão no tribunal desta terça-feira. Após fortes protestos por milhões de pessoas e a decisão dos parlamentares de impugná-la, em dezembro de 2016, Park foi formalmente removida do cargo e detida em março de 2017.

Com informações de: [G1]

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.