Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

MP recomenda cassação do mandato do governador do Pará

‘Estou tranquilo’, diz Barbalho após operação da PF
COMPARTILHE

Procurador também recomendou que Barbalho e seu vice-governador permaneçam inelegíveis por 8 anos.

Helder Barbalho (MDB), governador do Pará, foi alvo da operação “Para Bellum”, da Polícia Federal (PF), na semana passada.

Barbalho é suspeito de participar do desvio de cerca de R$ 25 milhões na compra de respiradores para pacientes com coronavírus. Ele nega as acusações.

Já nesta quarta-feira (17), o Ministério Público recomendou a cassação do mandato do governador  e de seu vice, Lúcio Vale (PL). 

A recomendação foi assinada¹ pelo procurador regional eleitoral do Estado, Felipe de Moura Palha e Silva.

De acordo com Silva, o grupo Conglomerado RBA de Comunicação, no qual Barbalho supostamente tem participação, divulgou apenas notícias favoráveis ao então candidato durante o pleito de 2018.

O procurador também acusa² o grupo de ter disseminado notícias falsas contra os adversários de Barbalho na campanha eleitoral.

Para o procurador, a prática configura desvio da liberdade de imprensa, “uma vez que não foi dispensado um tratamento paritário, imparcial e impessoal para os candidatos”. 

Referências: [1][2]

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários