PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

MP-RJ investiga Carlos Bolsonaro por denúncias de ‘rachadinha’

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

O vereador pediu licença não remunerada por meio de um ofício enviado ao presidente da Câmara Municipal do Rio no último dia 6 de setembro.

O Ministério Público do Rio de Janeiro (MP-RJ) abriu dois procedimentos para investigar as denúncias de uso de funcionários fantasmas e a eventual prática de “rachadinha” no gabinete do vereador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ).

As investigações foram abertas com base em reportagem publicada pela revista Época no mês de junho.

Segundo a matéria, Carlos teria empregado sete parentes de Ana Cristina Valle, ex-mulher do presidente Jair Bolsonaro e sua madrasta.

A partir de um pedido com base na Lei de Acesso à Informação, o MP confirmou os dois procedimentos, mas informou que ambos tramitam sob segredo de Justiça.

A investigação criminal está a cargo do procurador-geral de Justiça, Eduardo Gussem, com apoio do Grupo de Atribuição Originária Criminal (Gaocrim).

Já na esfera cível, onde se apura eventual improbidade administrativa, a investigação ocorre na 8ª Promotoria de Justiça de Tutela Coletiva de Defesa da Cidadania da Capital, informa O Globo.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.