Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

MP-RJ investiga Carlos Bolsonaro por denúncias de ‘rachadinha’

Tarciso Morais

Tarciso Morais

MP-RJ investiga Carlos Bolsonaro por denúncias de 'rachadinha'
COMPARTILHE

O vereador pediu licença não remunerada por meio de um ofício enviado ao presidente da Câmara Municipal do Rio no último dia 6 de setembro.

O Ministério Público do Rio de Janeiro (MP-RJ) abriu dois procedimentos para investigar as denúncias de uso de funcionários fantasmas e a eventual prática de “rachadinha” no gabinete do vereador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ).

As investigações foram abertas com base em reportagem publicada pela revista Época no mês de junho.

Segundo a matéria, Carlos teria empregado sete parentes de Ana Cristina Valle, ex-mulher do presidente Jair Bolsonaro e sua madrasta.

A partir de um pedido com base na Lei de Acesso à Informação, o MP confirmou os dois procedimentos, mas informou que ambos tramitam sob segredo de Justiça.

A investigação criminal está a cargo do procurador-geral de Justiça, Eduardo Gussem, com apoio do Grupo de Atribuição Originária Criminal (Gaocrim).

Já na esfera cível, onde se apura eventual improbidade administrativa, a investigação ocorre na 8ª Promotoria de Justiça de Tutela Coletiva de Defesa da Cidadania da Capital, informa O Globo.

- PUBLICIDADE -
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram