MP suspeita de envolvimento de ex-mulher de Bolsonaro em ‘rachadinha’

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Empresas ligadas à ex-mulher de Bolsonaro na mira do MP.

A Justiça do Rio de Janeiro quebrou os sigilos bancário e fiscal de sete empresas relacionadas a Ana Cristina Siqueira Valle, além de contas pessoais dela.

O Ministério Público suspeita que as empresas tenham sido usadas para ocultar dinheiro de suposta prática de rachadinha no gabinete do vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos-RJ).

Ana é ex-mulher do presidente Jair Bolsonaro

Entre 2001 e 2008, ela foi chefe de gabinete de Carlos Bolsonaro.

As informações foram publicadas, nesta sexta-feira (3), pelo portal G1.

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.