MPF apresenta notícia-crime contra assessor de Bolsonaro

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

O procurador regional da República, Wellington Cabral Saraiva, é o autor da notícia-crime.

A Procuradoria Regional da República da 5ª Região apresentou, na última sexta-feira (26), uma notícia-crime contra Filipe Martins, assessor especial para assuntos internacionais do presidente da República, Jair Bolsonaro, pela prática de racismo.

O ofício foi encaminhado à Procuradoria da República no Distrito Federal (PRDF), que deve analisar se apresenta denúncia.

O procurador regional da República, Wellington Cabral Saraiva, é o autor da notícia.

Saraiva afirma que, em sessão do Senado transmitida ao vivo, Martins fez um gesto simbolizando as letras “W” e “P”, das palavras “White Power”, que significam “Poder Branco”, em inglês.

O episódio foi registrado na sessão em que o assessor acompanhava o ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, que havia sido convidado para responder questões dos senadores sobre a compra de vacinas contra o coronavírus.

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.