Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

MPF denuncia 17 pessoas por fraude em banco de Brasília

MPF denuncia 17 pessoas por fraude em banco de Brasília
COMPARTILHE

A Procuradoria da República no Distrito Federal denunciou 17 pessoas por irregularidades praticadas no Banco Regional de Brasília (BRB) para liberação de aportes em determinados Fundos de Investimentos em Participações (FIPs).

A acusação tem origem na operação Circus Maximus, deflagrada no início de janeiro e que mirou agentes públicos, fundos de investimentos, empresários e agentes financeiros que teriam praticado crimes contra o sistema financeiros, corrupção, lavagem de dinheiro e gestão temerária.

Entre os denunciados, está Paulo Figueiredo, o neto do ex-presidente do regime militar João Figueiredo, e Diogo Cuoco, o filho do ator Francisco Cuoco, registra o Estadão.

O caso é conduzido pela força-tarefa Greenfield que apura desvios nos maiores fundos de pensão do país.

De acordo com o MPF,o BRB teve um prejuízo de cerca de R$ 348 milhões com as fraudes. 

Abaixo você encontra a lista de denunciados:

  1. RICARDO LUÍS PEIXOTO LEAL
  2. HENRIQUE DOMINGUES NETO
  3. HENRIQUE LEITE DOMINGUES
  4. ADONIS ASSUMPÇÃO PEREIRA JÚNIOR
  5. VASCO CUNHA GONÇALVES
  6. NILBAN DE MELO JÚNIOR
  7. ARTHUR CÉSAR DE MENEZES SOARES FILHO
  8. PAULO RENATO DE OLIVEIRA FIGUEIREDO FILHO
  9. RICARDO SIQUEIRA RODRIGUES
  10. FELIPE BEDRAN CALIL
  11. FELIPE BEDRAN CALIL FILHO
  12. NATHANA MARTINS BEDRAN CALIL
  13. DIOGO RODRIGUES CUOCO
  14. ADRIANA FERNANDES BIJARA CUOCO
  15. PAUL ELIE ALTIT
  16. PAULO RICARDO BAQUEIRO DE MELO
  17. DILTON CASTRO JUNQUEIRA BARBOSA

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários