Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
- PUBLICIDADE -

MPF investiga superdosagem de pacientes em estudo com cloroquina

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Governo reduz tarifas de importação de remédios para HIV e câncer
COMPARTILHE

A dose de cloroquina usada no estudo sob investigação pelo MPF foi de quase 3 vezes a dose máxima segura.

O Ministério Público Federal (MPF) do Rio Grande do Sul abriu inquérito, nesta terça-feira (21), para investigar a suspensão de parte de uma pesquisa sobre o uso de cloroquina no combate ao coronavírus.

O estudo, realizado em Manaus, capital do Amazonas, teria utilizado altas doses do medicamento. A suspeita é que a superdosagem levou à morte 11 pacientes em estado grave com Covid-19, destaca o site Poder360.

Segundo o MPF, “a dose usada no estudo foi de quase 3 vezes a dose máxima segura”.

O estudo, o maior do Brasil sobre o uso do medicamento, foi financiada pelo governo do Amazonas, a Farmanguinhos (Fundação Oswaldo Cruz, Suframa, Capes, Fapeam) e fundos federais concedidos por uma coalizão de senadores.

A pesquisa havia sido aprovada pela Conep (Comissão Nacional de Ética em Pesquisa), ligada ao CNS (Conselho Nacional de Saúde), que conta com professores universitários e cientistas.

- PUBLICIDADE -
Error: Embedded data could not be displayed.
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
VEJA TAMBÉM
Error: Embedded data could not be displayed.