Português  English  Español  Italiano  Français  Deutsch
Português  English  Español  Italiano  Français  Deutsch

MPF não acha sinais de garimpo na terra indígena Waiãpi

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
MPF não acha sinais de garimpo na terra indígena Waiãpi

Agentes da PF já haviam feito buscas antes, orientados pelos próprios indígenas, mas não conseguiram encontrar vestígios de invasão de garimpeiros.

A Procuradoria da República no Amapá informou, nesta segunda-feira (5), que policiais não encontraram sinais de garimpo ilegal, tampouco a presença de invasores, ao sobrevoar a Terra Indígena Waiãpi, no último sábado, 3 de agosto.

Um sobrevoo de monitoramento foi realizado para auxiliar em investigações do Ministério Público Federal (MPF). Em nota, segundo o site UOL, o órgão declarou:

“Após a operação, os agentes de segurança não localizaram sinais da presença de não-indígenas, tampouco a existência de garimpos na região.”

Em reiteradas notas públicas, o conselho da etnia Waiãpi afirmou que indígenas identificaram invasores em suas terras. Eles acusam pessoas ligadas ao garimpo ilegal de terem matado o cacique Emyra Waiãpi a facadas.

Na última sexta-feira, a Polícia Civil fez um trabalho de exumação no corpo do cacique de 62 anos, que morreu no dia 23 de julho e foi enterrado em uma aldeia. Um laudo com as causas da morte deve ser concluído em 30 dias.

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email