Português   English   Español
Português   English   Español

MPF não encontra indícios de invasão de aldeia no Amapá

MPF não encontra indícios de invasão de aldeia no Amapá
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

A invasão foi denunciada por indígenas no último sábado (27). Imprensa e opositores criticaram Bolsonaro pela aparente falsa invasão.

As lideranças indígenas acusaram garimpeiros de invadirem o território deles e pelo assassinato do líder Emyra Waiãpi, na semana passada.

No entanto, o Ministério Público Federal no Amapá afirmou, nesta segunda-feira (29), com base em dados repassados pela Polícia Federal (PF), que não há vestígios de que a Terra Indígena Waiãpi tenha sido invadida por garimpeiros.

Durante coletiva de imprensa, o procurador da República Rodolfo Lopes afirmou que indígenas da região auxiliaram a equipe de 25 policiais federais que visitou o local.

Segundo o site Folha, Lopes declarou:

“Não há indícios de garimpo na área e nem qualquer resquício de não indígenas. Nessa área, não há registro de conflito. Não há resquícios de pegadas, marcas de fogueira ou restos deixados.”

Lopes afirmou que ainda não se pode falar em homicídio do líder indígena Waiãpi:

“Houve uma morte e as circunstâncias estão sendo apuradas. Há várias hipóteses. A PF foi comunicada na sexta.”

Compartilhe...

Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on telegram
Share on reddit
Share on linkedin
Share on email

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...

Curta a RENOVA!