- PUBLICIDADE -

MST cobra R$ 250 mil a PT e sindicatos para realizar ato pró-Lula

- PUBLICIDADE -

O Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra (MST) está em Brasília nesta quarta-feira (15) para pressionar o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) a aceitar a candidatura do presidiário Luiz Inácio Lula da Silva.

O registro da candidatura de Lula foi feito nesta quarta-feira (15) no TSE.

Lideranças do grupo extremista pediram que o PT e centrais sindicais paguem uma dívida de R$ 250 mil com a montagem das tendas para abrigar os 5 mil militantes acampados no entorno do Estádio Mané Garrincha.

Cerca de cinco mil militantes do MST estão num acampamento montado no entorno do estádio.

 

Adaptado da fonte Estadão
PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -