Garota muçulmana inventa ataque falso no Canadá

Twitter
Facebook
Google+
LinkedIn
Pinterest

A história de ficção da garota muçulmana ganhou os holofotes da grande mídia e, antes de ser desmascarada, chegou até no primeiro-ministro do Canadá, Justin Trudeau.

Khawlah Noman, 11 anos, informou à polícia na sexta-feira (12/01) que estava indo para a escola pública quando foi abordada por um homem que arrancou o seu véu islâmico e utilizou uma tesoura para cortar o hijab.

Ao tomar conhecimento da notícia, o premiê do Canadá não conseguiu aguardar o término das investigações policiais e partiu logo para a ‘lacração’ no Twitter:

Meu coração está com Khawlah Noman após o ataque covarde desta manhã em Toronto. O Canadá é um país aberto e acolhedor, e incidentes como este não podem ser tolerados.

Acontece que, algumas horais depois, a polícia de Toronto divulgou comunicado curto e direto:

Depois de uma análise detalhada, a polícia determinou que os eventos descritos no comunicado de imprensa original não aconteceram. A investigação está concluída.

 

Com informações de: [FoxNews]
Twitter
Facebook
Google+
LinkedIn
Pinterest

Isso também pode te interessar

Deixe seu comentário

Anunciante
e-consulters
Parceiro

Assine nossa Newsletter!

Preencha o formulário para assinar.

Nome Email
newsletter

Últimas publicações