Garota muçulmana inventa ataque falso no Canadá

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

A história de ficção da garota muçulmana ganhou os holofotes da grande mídia e, antes de ser desmascarada, chegou até no primeiro-ministro do Canadá, Justin Trudeau.

Khawlah Noman, 11 anos, informou à polícia na sexta-feira (12/01) que estava indo para a escola pública quando foi abordada por um homem que arrancou o seu véu islâmico e utilizou uma tesoura para cortar o hijab.

Ao tomar conhecimento da notícia, o premiê do Canadá não conseguiu aguardar o término das investigações policiais e partiu logo para a ‘lacração’ no Twitter:

Meu coração está com Khawlah Noman após o ataque covarde desta manhã em Toronto. O Canadá é um país aberto e acolhedor, e incidentes como este não podem ser tolerados.

Acontece que, algumas horais depois, a polícia de Toronto divulgou comunicado curto e direto:

Depois de uma análise detalhada, a polícia determinou que os eventos descritos no comunicado de imprensa original não aconteceram. A investigação está concluída.

 

Com informações de: [FoxNews]

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.