- PUBLICIDADE -

Muçulmano reclama e escola alemã adia festa de Natal

- PUBLICIDADE -

Uma escola na cidade alemã de Lüneburg, reprogramou tradicional celebração de Natal depois que um estudante muçulmano disse que as canções da festa são incompatíveis com o Islã.

Após a queixa do aluno, a escola adiou a celebração do Natal, quebrou a tradição e tornou o evento uma atividade voluntária.

O diretor da escola confirmou as mudanças na programação, mas negou que o motivo foi a queixa do estudante muçulmano.

De acordo com o diretor, a mudança está relacionada com a “disponibilidade dos funcionários da escola” e disse que a queixa foi feita porque um dos professores queria cantar canções de natal durante uma das aulas obrigatórias.

Recentemente, também reportamos uma situação parecida em uma escola da Dinamarca que cancelou a festa de Natal para não ofender estudantes muçulmanos.

 

Com informações de: (1)
PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -