Português   English   Español

Muçulmano reclama e escola alemã adia festa de Natal

Uma escola na cidade alemã de Lüneburg, reprogramou tradicional celebração de Natal depois que um estudante muçulmano disse que as canções da festa são incompatíveis com o Islã.

Após a queixa do aluno, a escola adiou a celebração do Natal, quebrou a tradição e tornou o evento uma atividade voluntária.

O diretor da escola confirmou as mudanças na programação, mas negou que o motivo foi a queixa do estudante muçulmano.

De acordo com o diretor, a mudança está relacionada com a “disponibilidade dos funcionários da escola” e disse que a queixa foi feita porque um dos professores queria cantar canções de natal durante uma das aulas obrigatórias.

Recentemente, também reportamos uma situação parecida em uma escola da Dinamarca que cancelou a festa de Natal para não ofender estudantes muçulmanos.

 

Com informações de: (1)

Deixe seu comentário...

Veja também...

Newsletter Renova!

Preencha o formulário para assinar nossa newsletter.

Nome Email
newsletter