Muçulmanos querem tênis da Nike fora das vitrines

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Muçulmanos de Nova York lançaram um pedido, apoiado por mais de 20 mil pessoas, no qual pedem que a Nike retire do mercado um modelo de um tênis esportivo que tem como logo uma imagem que se parece com a palavra “Alá”.

O abaixo-assinado exige que a Nike pare de vender o Air Max 270, já que o símbolo, que seria parecido com a palavra “Alá” em árabe, provavelmente será manchado vários tipos de sujeira.

Saiqa Noreen, autor do abaixo-assinado no site Change.org, afirmou:

“É degradante e horroroso que a Nike permita colocar o nome de Deus em um calçado. Isso é uma falta de respeito e algo muito ofensivo aos muçulmanos, um insulto ao Islã.”

O pedido traz a informação que a empresa já retirou outro de seus modelos de comercialização, em 1997, pelo mesmo motivo.

Noreen, segundo a agência “EFE“, questionou:

“A Nike disse então que passou a fiscalizar mais o design de seus logos. Por que então aprovaram um similar?”

O diretor de comunicação do Conselho de Relações Islâmico-Americanas, Ibrahim Hooper, disse que a entidade está em diálogo com a Nike e que acredita que o incidente não foi uma ação proposital da empresa.

“Percebemos que existem ofensas com intenção, sem intenção e de intenção discutível. Certamente é sem intenção, creio eu”, afirmou Hooper.

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.