Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Mudanças sobre 2ª instância não podem ‘subverter Constituição’, diz Gilmar

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Mudanças sobre 2ª instância não podem 'subverter Constituição', diz Gilmar

“As mudanças devem efetivar a CF; não subvertê-la”, afirmou Gilmar.

Gilmar Mendes, ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), voltou a defender a prisão após esgotamento de todos os recursos na Justiça.

Em uma publicação no Twitter, neste sábado (9), o magistrado escreveu que “a presunção de inocência não pode ser esvaziada pela legislação”.

Gilmar afirmou ainda que o processo de julgamento pode ser dinamizado, mas que “as mudanças devem efetivar a Constituição Federal; não subvertê-la”.

Após o controverso julgamento do STF que derrubou a possibilidade de prender condenados em segunda instância, o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, também se manifestou no Twitter a favor de uma medida desse tipo pelo Congresso Nacional.

Parlamentares também passaram a pressionar no Congresso a votação de uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que garanta ao acusado responder em liberdade até o fim da tramitação de um processo na Justiça.

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

Comentários

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Outras Notícias