Muitos adolescentes presos no Ceará envolvidos com onda de violência

Idiomas:

Português   English   Español
Muitos adolescentes presos no Ceará envolvidos com onda de violência
TARCISO MORAIS
TARCISO MORAIS
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

A cada três presos por envolvimento com a onda de ataques criminosos no Ceará, um é adolescente.

A informação foi publicada nesta segunda-feira (14) em levantamento da Defensoria Pública do Estado nordestino.

Ao todo, 353 indivíduos relacionados com a onda de ataques criminosos já foram presas pelas autoridades do Ceará.

Há denúncias de que facções criminosas estão ameaçando de morte adolescentes e familiares.

Além disse, as gangues criminosas são acusadas de cooptar jovens e adultos com o pagamento de R$ 1.000 pela queima de veículos e até R$ 5.000 reais pela explosão de viadutos, informa a “VEJA“.

A defensora Patrícia Sá, supervisora das defensorias criminais, falou sobre os tipos de jovens presos no Estado:

“Há aqueles que já tinham envolvimento anterior com a facção e participaram, há os que não têm envolvimento, mas eventualmente foram pagos para fazerem alguns atos criminosos, e outros agem por medo e ameaça das facções.”

E acrescentou:

“Há adolescentes que estão fazendo por coação ou ameaça de serem mortos ou terem suas famílias vitimadas. Alguns deles também fazem parte de famílias expulsas das suas casas por facções.”

Newsletter RENOVA

Receba diariamente as principais notícias do Brasil e do Mundo.

Curta e compartilhe esta notícia

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on google
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on email

Deixe seu comentário

Veja outras notícias em destaque