Português   English   Español

Mulher que acusou candidato republicano Roy Moore de assédio sexual admite ter forjado prova

Beverly Young Nelson admitiu ter forjado uma parte do anuário que ela e a advogada Gloria Allred usaram como prova de suas acusações contra o candidato ao Senado dos EUA, Roy Moore.

A confissão da mulher foi feita durante uma entrevista à ABC News, emissora famosa por ter pedido desculpas após publicar notícia falsa tentando conectar Donald Trump à Rússia.

Surpreendentemente, após a confissão bombástica, o entrevistador Tom Llamas mudou de assunto e esqueceu de fazer perguntas simples como “Por que esperou até agora para admitir?” ou “Por que você mentiu?”.

O candidato conservador Roy Moore liderava as pesquisas no Alabama com ampla vantagem quando Beverly Young Nelson surgiu acusando o republicano de abuso sexual quando ela tinha apenas 16 anos.

Com a eleição há apenas quatro dias de distância, essa admissão de falsificação não poderia chegar em melhor momento para Moore e pro partido Republicano.

 

Com informações de: (1)

Deixe seu comentário...

Veja também...

Newsletter Renova!

Preencha o formulário para assinar nossa newsletter.

Nome Email
newsletter