Museu Nacional encontra 1.500 objetos sob escombros

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

O Museu Nacional, destruído parcialmente por um incêndio em 2 de setembro, anunciou nesta segunda-feira (10) que conseguiu recuperar nos escombros cerca de 1.500 itens.

As peças variam entre partes das coleções, equipamentos, objetos pessoais, fragmentos arquitetônicos e alguns objetos ainda não identificados.

Alguns materiais de arqueologia, mineralogia e etnologia já foram encontrados e reconhecidos.

Entre eles estão peças pré-históricas, pontas de flechas em metal feitas por indígenas do início do século 20, urnas de cerâmica de origem tupi e marajoara, pedras como turmalina negra, além de bonecas Carajá, registradas como patrimônio imaterial do Brasil, registra a revisa “ISTOÉ“.

Em meados de outubro, também tinha sido localizado o crânio de Luzia, o mais antigo fóssil das Américas, conforme noticiou a Renova.

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.